sábado, fevereiro 19, 2011

Péssimo, péssimo, péssimo

Ontem a entrevista do estágio remunerado foi um filme de terror. A verdade é que o trabalho que vai ser proposto ao estagiário que ficar é uma grande seca de todo o tamanho... mas eu, durante uma hora e meia de entrevista, não estava em mim e comportei-me como se aquele fosse o trabalho da minha vida! Estava parvinha... mostrei-me super interessada em escrever artigos sobre hospitais para newsletters e revistas quadrimestrais que ninguém lê! A sério... e o pior é que eu acho que aquilo correu bem demais, e agora estou para aqui a rezar para aparecerem lá muitos licenciados melhores que eu e que me liguem para a semana a dizer que não fiquei... porque se tiver ficado, vou ter que dizer que sim. Porque tenho que começar de baixo, porque não posso deitar oportunidades fora, porque não sou maluca, porque não vou dizer que não quero um estágio que dá ajudas de custos. E isto está-me a pôr doida, porque parece que tenho a corda ao pescoço e se não aceitar esta porcaria de trabalho vou estar a ser mimada e fraca e menina do papá que só faz o que quer... Bem, estou passada, é o que é! Em relação à outra entrevista, tudo óptimo. Part-time, restaurante... dá pa conciliar com tudo e disse logo que sim.

10 comentários:

Military Life style disse...

Boa sorte *
se calhar nem vai ser assim tão mau e olha realmente temos k começar por baixo e senao gostares diz não e pronto...temos que saber o que é melhor para nós no momento!
beijoca* se for algo relacionado com a saude manda me po blog porque eu absorvo toda a informçao sobre isso!
beijocas*

Z. disse...

joe nao tens que ficar nessa coisa. acredita...tudo isto que ouvimos da geraçao à rasca, da musica dos deolinda etc...é tambem um bocado criaçao por parte dos meios de comuniaçao social. quando somos bons e temos o nosso valor temos de procurar um pouco mais por aquilo que gostamos e queremos fazer e nao espetarmo-nos na primeirs coisa que aparece...porque o que há mais aí é pessoas a querer mao de obra a custo zero e habilitada. procura, take your time...ainda por cima sempre foste boa aluna, tens imenso talento e capacidades. a sério believe me... aproveita e vai ler este post - http://postit-amarelo.blogspot.com/2011/02/pelo-meu-lugar-ao-sol.html e le tambem o meu comentario. vais-te identificar!
xx
Z.

Sari disse...

Ei a vida é tua! Não podes deixar de fazer o que achas que é melhor paara ti por causa das opiniões que achas que outros vão ter. Não são eles que estão a viver a tua vida, e se forem minimamente decentes vão-te apoiar. Dedica-te ao que realmente gostas, senão acabas por te ressentir de escolhas que nem foste tu a fazer.
Beijinhos e espero que o novo trabalho corra bem!

Verinha disse...

Olha sabes, eu já estive mais ou menos na tua situação, inscrevi-me num trabalho (pingo doce) que não queria, que não gostava e que até pagavam bem. Inscrevi-me só para não acharem que eu não queria trabalhar e tal.
No fim chamaram--me e eu fiquei super irritada!
Lá fui eu muito contrariada trabalhar.
O que é certo é que hoje trabalho num escritório de advogados, mas só consegui este trabalho actual porque trabalhei no pingo doce e segundo meu patrão já estaria habituada a "levar com clientes mal humorados e com a mania que têm razão" lol.
Mal eu sabia que estar 6 meses no pingo doce me ia abrir as portas de um escritório de advogados!

Por isso vá ânimo, nunca se sabe o que te reserva o futuro!

Bjks***

PinkEmotions disse...

Vais ver que não é assim tão mal e daqui a uns tempos, se fores aceite, vais agradecer por isso mesmo, por teres trabalho e teres o teu próprio dinheiro. Vais ver :)

Ri* disse...

Se fores aceite, faz o que faço aceita e experimenta pode ser até q gostes. Vai ser pior se não experimentares e depois ficares na dúvida se devias aceitar ou nao.
E não desistas de procurar, há sempre uma porta á nossa espera :)

Bernardo disse...

Melhores dias viram

MafaldaMacedo disse...

Talvez consigas tornar o que é aborrecido e que ninguem liga em algo realmente positivo e que te cative. Open Mind e força :) *

Marta disse...

Pode ser que tenhas sorte :) mas se tiveres que aceitar esse emprego pensa que muitos que estão lá em cima, começaram por baixo.So com trabalho, muito é que se consegue.
beijinhos

boneca de porcelana disse...

Compreendo o teu ponto de vista mas sabes que isto não anda fácil e às vezes é melhor começar por baixo do que não começar. Mas só tu é que podes decidir o que queres e se achas que isso não te fará feliz, não vás! Mas às vezes, surgem coisas agradáveis :) Um dia temos que nos encontrar ;) Que achas?