segunda-feira, abril 11, 2011

E férias?

Já ganhei coragem e já disse ao meu pai que queria ir para Faro no final deste estágio (1 de Maio). Primeira razão: o meu próximo estágio e o Mestrado só começam em Setembro. Não fico cá a fazer nada até lá. Segunda: não tive as últimas férias de verão, não tive férias de Natal nem de Carnaval e não vou ter férias da Páscoa, ou seja, preciso mesmoooo (só Deus sabe como) de descansar. Terceira: estou com o trânsito pelos cabelos. Estou farta de greves, estou farta de acordar às sete da manhã, estou farta de pôr 20 euros de gásoleo todas as semanas, estou farta dos sinais da Praça de Espanha, estou farta de ter de comer mais maçãs que meloas porque é com o meu dinheirinho que vou ao supermercado e caraças, as meloas são mesmo caras... Enfim, quero paz. Roupa lavada, comidinha feita, tempo para mim, praia, meloas caras, tudo pertinho, corridas no ludo sempre que me apetecer! AH BOA VIDA. O meu pai adorou a ideia (menos despesas durante 4 meses, claro filha, fazes muito bem)... MAAAAAS, está convencido que vou arranjar um trabalho qualquer para todo esse tempo que lá estiver (ele não percebeu a parte do "preciso de férias"). Melhor, ele já tem o trabalho ideal para mim: quer que volte para o restaurante em que estive no verão. Não, não e não! Tenho que arranjar uma solução rápida e eficaz para isto. Pode ser o último ano com oportunidade de ter férias de verão (no próximo já poderei ter um trabalho a sério, e espero bem que sim), e preciso de férias (já disse isto não já?). Portanto, hoje compro ideias, trabalhos que durem só os meses de Maio e Junho e compreensão (para oferecer ao meu pai). E, ao mesmo tempo, começo a preparar as malas para levar para o Algarve no fim do mês! 4 meses, 4 meses, 4 meses! BOA!!!!

7 comentários:

David disse...

Vem, está um Sol do tamanho do mundo! Procura um trabalho madrugador de modo a aproveitar o resto da tarde na praia, a passear, a correr!
Eu estou a fazer o sentido inverso de ti (sou lá de cima e encontro-me a estagiar em Faro) e esta cidade é tudo o que tu dizes, mas há uma coisa a apontar: a dificuldade em fazer novas amizades! Nunca vi uma terra assim em que tudo olha para o seu umbigo. Tens algum conselho para resolver este problema? =)

S* disse...

Bem, se tiveres oportunidade, fazes bem... mas 4 meses é realmente muito. :) Se o pai não se importar de manter a menina, só fazes bem em aproveitar. Mas toda a gente trabalha e não têm 4 meses. .P

Shiine* disse...

Explica-lhe que precisas descansar. Ou então faz como eu, arranja um part-time das 9h00 às 14h00,tens toda a tarde e não acordas assim tão cedo.

Shiine* disse...

Eu arranjei em Albufeira, que não é propriamente perto. 500€. Mas, ao fim-de-semana trabalhava até às 19h30. Eu gostei muito, ganhei e aproveitei!

Anónimo disse...

Vais fazer mestrado em que área de estudos?

Como sugestão: um part-time de manhã onde podes aproveitar a tarde e a noite; ou um part-time à noite em que tens a manhã e a tarde livre.
Tens áreas como lojas, bares...assim trabalhas mas manténs tempo para ti.

Ana

Ana disse...

Um part-time numa loja ou num café... e mesmo assim é complicado arranjar um emprego só de 2 meses!

Kikas disse...

tens que lhe explicar muito bem as tuas intenções, antes que ele se passe :p não tenho sugestões, ainda só procuro um curso e não trabalho, mas pode ser que arranjes qualquer coisinha!