sexta-feira, abril 22, 2011

Desculpe lá, então

Estou desde quarta-feira em Faro a aproveitar tudo o que esta cidade tem para oferecer. Até as coisas que nunca se quer receber, como ir ao Fórum da cidade a um dia de chuva e cruzarmo-nos com cinquenta ex-namorados, ex-amigos, ex-conhecidos, ex-colegas (aquelas pessoas com quem não fazemos questão de manter uma relação, sabem?), enfim, péssimo, péssimo, péssimo ou passar por duas pessoas vestidas com uma blusa igual à nossa (ainda mais péssimo). Mas o pior, o pior mesmo, foi o carinho que recebi na minha ida à Rádio Popular. Passei por lá com o meu irmão para comprar um cabo qualquer para a PS3 e aquilo estava deserto: ninguém a atender, ninguém a comprar, e eu a olhar por todos os lados à procura de alguém para perguntar onde estava o tal cabo (e ser mais rápido, estão a ver?), até que vejo uma rapariga lá para o fundo sentada (sim, sentada), que também me vê e começa logo a chamar para o lado: "Micael, Micael, estão aqui clientes...!" (com uma voz incomodada, tipo, parvo do Micael, o que estava a fazer para não nos vir atender? Que lata!) E o Micael nada... "Micaeeeel!!!!" E o Micael nada... então começo a aproximar-me da senhora para fazer a pergunta à própria já que não havia maneira de vir o Micael... até que ela vira discretamente a cara para o lado e diz: "Oh não, agora vêm me chatear a mim!" EU OUVI! E parei, dei meia volta, pasma da vida, mesmo sem reacção sabem?... E fui esperar pelo Micael para outro lado. É pá coitada da senhora, quem sou eu para incomodá-la só assim... no seu trabalho! Tive mesmo pena... O Micael lá apareceu alguns minutos depois. E até estava mais bem disposto, mas, para piorar, não havia o cabo. Quando vier para Faro, em Maio, e tiver que procurar um part-time, escrevam o que vos digo: não vai ser de certezinha na Rádio Popular. Já viram o sofrimento que deve ser trabalhar lá?

15 comentários:

Happy Brunette disse...

Hahahahahah por vezes panha-se com cada uma, eu também não tenho cá paciencia para funcionários com cara de frete... Até porque também atendo ao publico e não faço isso a ninguém!
Foi para esquecer então ;)
Deixa lá dias melhores virão!

Beijinhos

Manuela disse...

Jojozinha, mas hoje foi dia de quê? De S. Mal Encarados? Só pode...

Ana disse...

lol Na minha loja era demitida.

Panda disse...

E não disseste nada? Comigo estava o caldo entornado.

Rute R. disse...

Gente que nao quer trabalhar empregadas e pessoas desesperadas a encontrar um part timezinho que fosse - e nada!! Nao aguento -.-

boneca de porcelana disse...

Há pessoas que nunca a deviam estar na venda ao público pq não tem noção nenhuma!!espero que encontres um local bom para o par time :)

Miss Crises disse...

Eu tinha logo lhe dado uma resposta há altura dela...

S* disse...

Ai credo, que falta de competência.

Eli disse...

Eu não dava meia volta como tu, acredita!.. Ia ser já um problema!

Kikas disse...

eu sei o que é ficar assim, sem reacção, sei mesmo.. mas o que essa estúpida merecia era uma grande reclamação! competência? zero -.-

Quadrada disse...

eu concordo com a Eli, de certeza que não dava meia volta!

.bruna* disse...

É mesmo com cada uma. LOL :)

Deusa disse...

Como é que é possével é mesmo à lei do menor esforço... Já me aconteceu isso, é que há coisas... Haja paciência!

Silvana disse...

coitadinho desse michael.
mas...és de faro o conheces lá alguém? para teres encontrado tantos ex-não-quero-voltar-a-ve-los xD
eu estudo em faro pa :)

Eliana disse...

Pessoa que trabalha com pessoas, e os trata mau, ou trabalha só visando o dinheiro ou são mau amadas, até por se próprio. Gostei do seu blog, vou te seguir, da uma passadinha no meu, se gostar me siga.

Tenha uma ótima noite!