sexta-feira, dezembro 17, 2010

As mulheres são assim:

Chateamo-nos por tudo e mais alguma coisa, fazemos filmes e filmes na nossa cabeça e travamos verdadeiras batalhas para limar arestas... até aqui, nada de mais.
O problema é que quando nos chateamos, e às vezes com toda a razão do mundo, em vez de tentarmos resolver a situação, amuamos... Começamos a ter comportamentos estranhos, comemos mais chocolate, afastamo-nos, demoramos mais tempo a atender o telefone, respondemos só um "ok" às mensagens e esperamos, incansávelmente, que ele, coitado, se aperceba de todo o mal que nos fez e que corra a pedir desculpa. Com sorte, ele até corre kilómetros sem parar e pede desculpa dez vezes ao segundo dia... mas, regra geral: isso não acontece. Porque os homens, normalmente, não sabem que nos chateámos se nós não dissermos que estamos chateadas. Então se nós não dissermos o motivo da nossa crise, só um em cento e noventa e nove é que chega lá... mas leva o seu tempo, claro. É que o nosso cérebro funciona a mil à hora... o deles é bem mais básico. Ou bem mais simples. E (às vezes) eles fazem mesmo as coisas sem pensar, ou pensam, mas não vêm o mal que nós vemos posteriormente em algumas atitudes. Eles já têm que estar muito muito muito bem ensinados para conseguirem detectar uma possível chatice, e assim, a puderem evitar... Por isso, meninas, quando se chatearem, digam-lhes. Eu sei que não querem parecer psicopatas ciumentas e possessivas, que eles conseguirem ler a nossa mente é a última coca-cola do deserto e que sabem que, às vezes, o motivo da vossa crise pode ser mínimo e insignificante... mas, ainda assim, válido, claro. No entanto, mais vale dizerem, do que esperarem que eles adivinhem. Vão poder poupar muitos anos de vida e a vossa relação agradece.
(Eu confesso: geralmente também prefiro que ele adivinhe mas prometo que, em 2011, vou passar a dar-lhe mais pistas).

13 comentários:

Kate V. disse...

Sublinho TUDO! *

S* disse...

Birras é connosco... há que admitir.

Margarida Castro disse...

que texto acertivo :o
Posso postá-lo no meu blog com a referência de que foste tu quem o escreveu, citando o link do teu blog?

C. disse...

simplesmente adorei!

MJ disse...

Queremos que nos percebam porque nos disseram, desde pequenas, que o amor ve-se nos olhos e que a cumplicidade exige transparência a esse nível. TRETAS!

MJ disse...

E, como sempre, gostei imenso Jo ;)

A. disse...

Quase parecia a descrição da minha pessoa... bolas!

cátia sofia disse...

é que isso é TUDO bem verdade, poças.

AR disse...

Isto é tão verdade. Somos tão de amuos.

Ana disse...

Adorei! Devia fazer o mesmo, mas o orgulho é mais forte... Acho q ainda não é este ano q vai p a minha lista de objectivos :p

Ana C. disse...

Subscrevo, adoro! :) mesmo. Isso é mesmo verdade.

Lau-Lise disse...

bem verdade ,... ::) altamente... é caso para dizer... verdade verdadinha..

ST disse...

O que posso eu acrescentar?Nadinha... Estás completamente certa e hoje ainda me parece que as tuas palavras fazem mais sentido! Infelizmente eles nao percebem (quase) nada, agrr. Homens, não há nada a fazer!
um beijinho virtual