quinta-feira, novembro 11, 2010

Pequeno-Almoço

Eu não sei como é que existem pessoas que não tomam o pequeno-almoço. Eu acho que o pequeno-almoço é a melhor refeição do dia! Se saísse de casa sem comer nada, nem conseguia chegar ao carro... é que eu já acordo com fome! E leitinho quente, pãozinho, cereais... desculpem lá, mas é do melhor. É aconchegante. E mesmo agora estava aqui uma colega a dizer o contrário, e outros tantos a concordarem. E eu, tipo ET, disse logo que adorava... Eles olharam para mim a medo: "Estás a gozar... certo?"... OK!!!

21 comentários:

Isis disse...

Junta-te ao clube!! sou igual a ti :D

E quando tenho de ficar em jejum oara análsies ninguém me atura!!!

Ana disse...

Eu adoro o pequeno-almoço. Adoro sobretudo pequeno almoço numa esplanada, num dia de Inverno com muito sol, com o namorado ao lado, os dois a ler um jornalzinho e uma revista, e a comer croissants fresquinhos e meia de leite. Não há melhor!

Lolita disse...

para mim também não há melhor refeição. Adoro, então se for daqueles bem caprichados com sumo natural e croissants melhor ainda. =)

Verinha disse...

Eu concordo que tomando o pequeno almoço em condições funciono muuuito melhor o resto do dia, o cerebro funciona melhor e tudo, verdade!

Mas o que é certo é que nunca me apetece comer...

Hoje acordei ás 8h e até agora, ás 13h, bebi um iogurte :s

The Teenage Royalty disse...

Jojozinha que saudades! Ja nao vinha aqui ha tanto tempo! Mando te um enorme beijinho directamente do meu quarto em Madrid!
Espero que esteja tudo em altas por aí ahah
Grande beijinho
R.

www.theteenageroyalty.blogspot.com

Lipa disse...

Também adoro um bom pequeno-almoço. Principalmente se for sem pressas :)

Dina disse...

Tb é a minha refeição favorita do dia e na qual como mais. Adoro! Não dispenso mesmo ;)

Só sedas disse...

Nem eu! E quando não como em condições não dou uma pra caixa... é o dia perdido.

Louco disse...

Saltar o pequeno almoço dá-me dores de estômago (de verdade). Não há como escapar ao dito.
Ah, e se o pequeno almoço não for reforçado, duas horas depois estou "ó tio, ó tio" de novo com fome.

SuperSónica disse...

Eu tb não consigo sair de casa sem leite e torradas, se não, dá-me o badagaio!

Hermione disse...

eu antes saía sempre sem comer, agora não consigo. é uma questão de hábito

risonha disse...

não te sintas E.T., eu pertenço ao teu grupo: nunca saio de casa sem tomar o pequeno-almoço ou, caso contrário, nem tenho força para rodar a chave na fechadura e trancar a porta.. lol

Rita disse...

Há uns anos atrás só a ideia de comer de manhã dava-me vómitos (estou a falar a sério), mas comecei aos poucos a comer e agora de manhã sou como tu. Já acordo com fome e adoro tomar o pequeno-almoço =) *

MafaldaMacedo disse...

O problema é quando não há tempo para ele e não há outra solução senão abdicar!

Catarinaa disse...

olá $:
se eu ñ tomasse o pequeno almoço morria, alis neste preciso momento tenho fome xD
bjs!

ps: adoro o teu blog !

Kikas disse...

eu não acordo com fome, mas o pequeno-almoço é mesmo a refeição mais importante! e é mesmo reconfortante :) no inverno então.. que bem que sabem as torradas com cappuccino, de manhã :D

Ana Maria disse...

Que lindo! Quero que os meus sejam iguais a esse!!! =)

Abby Richter disse...

eu também adoro, em férias :p

wallpapers para telemóveis disse...

eu sou daquelas que não toma pequeno almoço, porque levanto-me ás 7.30, mas a fome só chega por vpolta das 10H e depois tenho de me aguentar até às 13H. Não é facil!
Cumprimentos
Beuxa

Queen of Drama disse...

tenho que dizer que também sou daquelas pessoas que sem o pequeno-almoço não bate certo e devo ser ainda mais E.T. porque prefiro acordar mais cedo e ter tempo de sentar à mesa saboreando a maravilhosa refeição é que nem que seja pão com manteiga e uma caneca de galão. é preciso sentar, abrir a tv, ver as notícias pela manhã e hum...que bom!!! e claro lá vem a minha colega de casa e amiga a dizer passa ai um iogurte liquido que eu tou atrasada...bah

IMaria disse...

eu tb não saio de casa sem o pequeno-almoço a aconchegar-me a alma. Tem mesmo de ser.