quarta-feira, junho 16, 2010

Foi há uns mesinhos, mas a mim parece-me que foi ontem que aprendi que mesmo as pessoas que mais amamos nos podem magoar. Parece que foi ontem que o meu namorado perfeito acabou a nossa relação por causa doutra pessoa e que ouvi duma mãe coisas que tenho a certeza que nunca ninguém ouviu. Tudo ao mesmo tempo. Às vezes gostava de trazer esse ontem para o presente. Ser forte que nem uma pedra em todas as decisões. Não dar a minha cara para levar outra chapada. Nunca mais falar com a minha mãe, muito menos com ex-namorados que um dia acordam a pensar que podem encontrar alguém melhor que nós e depois arrependem-se. Juro que gostava. Riscava-os para sempre da minha vida e seguia em frente como se nada tivesse acontecido. Quando tentei fazer isso... o ontem estava lá à mesma. O ontem, o ódio, o rancor, a desilusão, o sofrimento. Era forte mas... só me estava a enganar a mim própria e não era mais feliz por isso. Até que um dia resolvi tentar o oposto: enfrentar tudo, deixar de fugir, esclarecer o que conseguisse, dar o corpo todo para mais uma batalha. E hoje a verdade é que, quando não quero trazer o ontem para o presente, quero que ele desapareça para sempre da minha vida. Porque há coisas que por mais que o tempo passe, continuam sempre presentes, como fantasmas a assombrarem relações. Medos. Desconfianças. Chamem-lhes o que quiserem. E enfrentar esses medos custa. Perdoar é tão difícil. É preciso uma força tão grande, uma coragem, um querer enorme, um esforço diário que, no final das contas, acaba por valer a pena. E, sinceramente, apesar de não saber bem se já consegui perdoá-los, tenho a certeza que nunca vou ser capaz de esquecer. Agora cabe-me (só) a mim ser capaz (ou não) de viver com isso.

25 comentários:

_+*Ælitis in Paris*+_ disse...

Been there, my dear. E qual é o resultado? crescemos ainda mais. As coisas depois não nos atingem da mesma maneira.

Love!

PinkMoon* disse...

Eu não sei o que se passou ao certo, mas nas tuas palavras vivi a tua dor. Tens de ter coragem, vais ver que tudo vai correr bem :D

Boa sorte, tens o meu apoio total querida :D

Beijinhoo

Vânia disse...

Sentes e pensas no que o teu coração te pede, te sente e te diz.

Será sempre assim que vivemos felizes e de plena consciência de que, fizemos tudo e estamos tranquilas quanto a isso.

Beijinho*

Sophia disse...

A tua história dá para sentir nas tuas palavras...

formiga disse...

Força. revi-me nas tuas palavras...aos poucos vais conseguir lidar com a situação, mas, claro, fica sempre alguma coisa.

beijinho

Su disse...

Ás vezes é mais o contrário, nunca perdoamos mas acabamos por esquecer. Porque deixa de nos magoar. Somos mais fortes do que aquilo que pensamos, acredita! Como o meu pai me costuma dizer e infelizmente sei que é verdade, tudo na vida tem solução, menos uma doença crónica ou incurável, mas o que nos parece o fim do mundo hoje com o tempo damos conta que afinal de contas há sempre uma solução. Nunca baixes os braços e desistas é só isso que mesmo sem te conhecer te peço. Beijinhos e força

Miss Kitty disse...

De certeza que cresceste e aprendeste muito com isso. Tenta retirar as coisas positivas da situação... ;)

**

Sara disse...

Deixou a pensar (muito.).

Sofri ao ler as palavras que escreveste. Tão reais..

Muitissima Força. Para o ontem, para o hoje, e para o amanhã.
*

SB

boneca de porcelana disse...

são com estas que nós aprendemos Jojozinha. O important é estarmos de consciência limpa e tentar não ter rancor dentro de nósp orque isso só nos faz mal.

***

Sara Silva disse...

o que não nos mata torna-nos mais fortes... faz-nos crescer (talvez 'precocemente') e aprender uma grande lição da vida: que todos desiludem, que todos mentem, que todos 'não prestam'... mas ainda há aqueles que 'prestam um bocadinho' e por esses vale a pena arriscar. força, jojo :)

Alexandre disse...

é com este tipo de problemas que vemos o quanto conseguimos aguentar, o quanto conseguimos enfrentar os nossos problemas... é mesmo mau passar por isso e por vezes não saber como reagir!

beijinhos, espero que fique tudo melhor!

Notacandygirl disse...

euconfesso que esquecer, também nunca esqueco. definitivamente.

MJ disse...

Tens de aprender a viver contigo depois disso, antes de conseguires viver com eles.

ANAVAZ disse...

Ola :D
Tenho um desafio para ti no meu blog.
Beijinho e boa semana!

Kikas disse...

Jo, só consigo sorrir depois de ler este post :) pode parecer irónico mas é mesmo verdade. adorei a tua maneira de encarar as coisas, se calhar por me rever um pouco..
acho que qualquer pessoa que já tenha passado por coisas mais 'a sério' na vida, tem os seus 'fantasmas do passado', como lhe costumo chamar. como já te disse, revejo-me um pouco em ti. as situações são outras, tudo se passou há para aí um ano, mas a essência é a mesma.
sou daquelas pessoas que perdoo facilmente mas que não esqueço. há que saber viver com o que se passou, guardando tudo lá no fundo, é verdade. mas ao mesmo tempo há que ter sempre presente. deixamos de ser as meninas ingénuas que éramos antes de tudo acontecer, antes de sequer imaginarmos que há coisas que são possíveis.
já me estou a exceder e só quero dizer que, infelizmente, as pessoas de quem mais gostamos são as que mais nos magoam. nem sempre pela dimensão dos acontecimentos mas por não estarmos à espera.
espero que escolhas o melhor para ti, seja lá o que isso for :) força * dizer que estamos aqui é inútil, há coisas que só conseguimos ultrapassar sozinhas.

R* disse...

Acho que sim, pela maneira que o escreves, és capaz de viver com isso. Assim cmo foste capaz de perdoar. E perdoar é bem mais dificil...

BS of Life disse...

Entendo-te bem.
Não sei se chegamos a perdoar.
As coisas injustas custam muito a aceitar. No entanto, o tempo é amigo, e com força de vontade e carinho de amigos, tudo volta ao lugar.

Beijinhos.

Anónimo disse...

Passei à pouco tempo pela mesma situação...e eu que pensava que só me aconteceu a mim e que era o fim do mundo. Ainda não me habituei, ainda estou mal, mas sei que com o tempo vai passar e que aquilo que não me destroi me fortalece ;) beijinhos e força!!!!

Ana disse...

Quanto à mãe, compreendo o perdão. E acho que faria o mesmo, dependendo do que fosse. Afinal, elas perdoam-nos tudo...

Quanto ao namorado, esquece e anda. Estive 3 anos com uma pessoa que, de um dia para o outro, se lembra de querer já não estar comigo. Um ano de luto. Ao fim desse ano, conheci a pessoa mais maravilhosa que existe e com quem já estou há dois anos. Homem nenhum, nem pessoa nenhuma, tem o direito de nos fazer sentir descartáveis! E isso eu não perdoo. Nem tu deves.

Ana Morais disse...

no final tudo e somente o que interesse é nós estarmos em paz comnosco mesmas :D

Pipoca dos Saltos Altos disse...

O tempo...acaba por ser o nosos melhor aliado. Um beijinho

Tyler_____Durden disse...

não, não venho defender o lado masculino,ate porque isto n é uma questao de sexos.
tb vivi uma situaçao semelhante(nao tanto tempo) mas tb doeu e o luto durou...mais de 2 anos.
tb ja terminei relaçoes e muitas vezes é comlicado perceber o que esta "behind the picture" pode ser algo que ja dura algum tempo (ok, uma 3ª pessoa é mm aquela situaçao...quem anda á chuva molha-se...merda para as redes sociais e facilidades de estabelecer ccontactos),pode ser "n" razoes que levam com que termines uma relaçao. Custa?claro. uma relaçao actualmente é quase vista como um investimento a longo prazo (ou nao, dada a leviandade/promiscuidades de algumas pessoas).

O mais importante é nao deixar que o sentimento "pena" domine...isso para mim é o pior.

Espero que actualmente estejas melhor. Alguem aqui disse que ficamos mais fortes, é verdade. Ficamos mais dutos insensiveis ao estimulo mas basta aparecer outra pessoa que nos toque de maneira diferente e tudo soa a novo.

Um grande beijinho

Sófii disse...

Sem palavras , o texto está fantástico !
Tenho a certeza que tudo o que aconteceu fez-te ver certas coisas de uma maneira melhor e quem sabe senão são inicio de algo bom :)
Beijinho

Mário Neto disse...

Nossa...

Vivemos numa ilusão de que temos que achar nosso par perfeito... Sinceramente isso não existe... Perfeição é ilusão...

Porém vivemos num mundo de 6 bilhões de pessoas, dentre as quais não existe UM par perfeito pra gente... Existem VÁRIOS, os quais passaríamos o resto de nossas vidas juntos...

Se não deu certo com alguns, só saberemos que dará se dermos a cara a tapa pras outras oportunidades... Se não tentamos não viveremos plenamente e não encontraremos aquela pessoa legal para ficar o resto de nossos dias juntos... Nesse mundo de 6 bilhões, dê a cara a tapa sempre... Apanhamos sim, mas umahora acertamos...

Adorei seu blog! Um seguidor brasileiro!!!

Beijosss,

Mário
www.desanexo.net

Eu disse...

Adorei este teu post, mesmo não sendo coisas "boas", identifiquei-me completamente e não consegui evitar de o ler até ao final.

Temos de lidar todos os dias com desilusões, mas a vida continua e com o tempo passa, não nos esquecemos mas tentamos fazer para isso. É preciso bastante força de vontade.

E estou a tirar o curso de comunicação social, e quem me dera a mim ter a tua GRANDE sorte de ir para a SIC. ;D

Boa Sorte ** ;)