segunda-feira, maio 17, 2010

Dez anos depois, é assim:

"Como o tempo passa Joana, e nós sem darmos por ele... ainda ontem eramos dois miúdos inocentes. Hoje já acabámos o curso e vivemos numa realidade completamente diferente onde já não existe aquela magia. Ainda me lembro e jamais esquecerei o primeiro dia em que te vi. Se o amor à primeira vista existe, esse dia foi a prova disso mesmo. Foste tu que me ensinaste a amar e foi contigo que aprendi a sofrer... Hoje recordo e até que dá piada... mas na altura parecia que o mundo ia acabar! Viviamos à espera do fim de jantar para ir para a rua, onde brincávamos até nos virem chamar para casa. Não havia uma vez que não subisse a minha rua, que não olhasse para a tua janela, vibrava quando a luz estava acessa! "Ela está no quarto", pensava eu... Hoje já não sei onde fica a tua janela... cada um tomou o seu caminho, encontramo-nos separados por km's e passam-se meses em que não nos vemos. Mas, no fundo, e o mais importante, é que eu sei que continuas aí sempre disposta a ajudar no que for preciso. Quero então desejar-te muita sorte, tanto a nível profissional como pessoal e espero que atinjas todos os teus objectivos. Excusado será dizer que vou estar sempre aqui para quando precisares e espero que um dia acabemos aquilo que nunca começámos."
.
Estão a ver estes tesourinhos? Guardem-nos a sete chaves. Ou a setenta chaves. Ou a mil. Mas não os percam... por nada! É que podem passar dez, vinte, trinta anos...e eles estão lá guardados. Não sei onde nem como. Mas estão.

13 comentários:

Miss Jones disse...

Gostei mesmo :)

*

Kikas disse...

opá, foi sentido aqui :) adorei.

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Adorei. Os meus tesouros estão trancados no coração, não preciso de chave sei que eles não vão a lado nenhum onde eu não esteja. Muito bonito este post. Beijinho

Su disse...

Fogo! Que lindo! Até me emocionei, afinal é por estas coisas que a vida vale a pena :)

Just me disse...

está mesmo fofo! :)

Hermione disse...

é mesmo para guardar. palavras e sentimentos destes nao se podem perder.

Mónica Ferreira disse...

Gostei muito * :)

sam disse...

eu também tenho tesourinhos desses :)

Qel disse...

sao reliquias a manter!

Mary* disse...

Por momentos senti-me de novo no jantar a espera que ele acabasse para chegar a derradeira pergunta: "joana podemos ir hj a noite para a rua??"

Como dizes quer passem 10 20 30 estaremos sempre prontos para recordar e ajudar, se fecharmos os olhos, sentimos que estamos novamente lá! =)

beijinho love*

Belles disse...

ADOREI!
nunca se deve perder uma valiosidade dessas *.*

areianegraemarbranco disse...

Grande texto..sim, textos desses é para guardar a mil chaves.

C disse...

Lindo mesmo!
Das coisas que mais gosto, lembrar-me de coisas do passado é uma delas. Adoro lembrar-me das minhas brincadeiras de criança, das minhas asneiras, das mentirinhas inocentes... de tudo mesmo! E acho fantástico, que apesar de passar tanto tempo as pessoas mantenham contacto, quero que aconteça o mesmo comigo. Espero não me perder pelo caminho.